1. SÍNTESE SOBRE O CURSO
O Curso de Pedagogia da FADIMAB foi implantado em 2008, em consonância aos Pareceres do Conselho Nacional de Educação (CNE), CNE/CP nº 05/2005 e CNE/CP nº 03/2006, e a Resolução CNE/CP nº 01/2006, onde instituiu as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Licenciatura em Pedagogia e reconhecido pelo Parecer CEE/PE nº 99/2009 – CES, aprovado em 14/09/2009, e homologado pela Portaria SE nº 8.659, de 27/10/2009, publicado no DOE em 28/10/2009, estando fundamentado pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, Lei nº 9.394/1996 no seu Art. 62, e na Resolução CNE/CP nº 01/2006, de 15/05/2006, publicado no DOU em 16/05/2006.

Em 2014, houve a Renovação de Reconhecimento do Curso de Licenciatura em Pedagogia da FADIMAB pelo Parecer CEE/PE nº 36/2015, de 20/04/2015, homologado pela Portaria SEE-PE nº 1.837/2015, de 08/05/2015. O Projeto Pedagógico do Curso foi atualizado fruto do trabalho coletivo entre direção, coordenação e corpo docente.

Em 2020, o Projeto Pedagógico do Curso foi reformulado, fruto do trabalho coletivo entre Direção, Coordenação, NDE – Núcleo Docente Estruturante e Corpo Docente, contendo atualizações para a formação do profissional em Pedagogia do nosso tempo-espaço, atendendo às Diretrizes Curriculares.

O Curso visa a preparação dos/as estudantes para atuar e desenvolver as múltiplas competências das/os alunas/os crianças dos anos inicias do Ensino Fundamental, através de componentes curriculares que potencializam as habilidades que estão relacionadas a diferentes objetos de conhecimento, postulados como conteúdo, conceitos e processos, que estão sistematizados na BNCC em unidades temáticas, respeitando as muitas possibilidades de organização do conhecimento no cotidiano escolar.

O licenciado em Pedagogia poderá utilizar os modificadores como explicitação da situação ou condição em que a habilidade deve ser desenvolvida, considerando a faixa etária dos/as estudantes, que no campo das habilidades para educação básica anos iniciais, ampliar seu repertório de ações ou condutas esperadas.

A FADIMAB ofertará ao/a estudante do curso de Licenciatura em Pedagogia, o núcleo de aprofundamento dos estudos, da formação para atividades pedagógicas e de gestão. Fará apreciação do sistema de ensino nacional, estadual e municipal, estabelecendo conexões entre os órgãos colegiados e a participação nos diversos espaços de aprendizagem nos ambientes escolares. Para tal, será acompanhado/a e orientado/a, a engajar-se profissionalmente e a comprometer-se com o trabalho na escola, junto a equipe técnica pedagógica, ao corpo docente, as famílias, a comunidade; e a estabelecer relações de colaboração entre instituições sociais e/ou
movimentos populares no âmbito das práticas pedagógicas curriculares.

2. OBJETIVO

O Curso de Licenciatura em Pedagogia, situado no Campo da Ciência da Educação, objetiva a sólida formação teórico/prática do/a pedagogo/a, alicerçada no tripé ensino, pesquisa e extensão, para exercer a função docente na promoção da aprendizagem dos/as estudantes dos anos Iniciais do Ensino Fundamental no âmbito da Educação Básica, com aprofundamento dos estudos na Formação para Atividades Pedagógicas e de Gestão e atuar nas variadas ações de natureza sócio, políticas e pedagógicas.

3. EQUIPE DOCENTE DO CURSO
NOME: Cristina Camarotti
Graduação:
Pedagoga – Universidade Católica de Pernambuco – UNICAP.
Pós-Graduação: 
Especialização em Administração Escolar e Planejamento Educacional – Universidade Federal de Pernambuco – UFPE;
Especialização em Psicopedagogia – Universidade de Pernambuco – UPE;
Especialização em Educação, Desenvolvimento e Políticas Educativas – Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologia, ULHT, Lisboa – Portugal;
Mestrado em Linguística e Ensino pela Universidade Federal da Paraíba – UFPB – PB.
NOME: Anderson Douglas Pereira Rodrigues da Silva 
Graduação:
Licenciado em Matemática pela FADIMAB em 2010;
Licenciado em Pedagogia pela FAEL em 2021.
Pós-Graduação:
Especialização em Ensino de Matemática pela FADIMAB em 2013;
Especialização em Metodologias em EAD pela UNINASSAU em 2019;
Especialização em Libras pela FAEL em 2021;
Mestrado em Educação Matemática e Tecnológica pela Universidade Federal de Pernambuco em 2016;
Doutorado em Educação Matemática e Tecnológica pela Universidade Federal de Pernambuco em 2019.
NOME: Belkyria Gulard Galvão 
Graduação:
Licenciada em Letras pela Fundação de Ensino Superior de Olinda em 1987.
Pós-Graduação:
Especialização em Metodologia do Ensino Superior pela Fundação de Ensino Superior de Olinda em 1990;
Especialização em Linguística Aplicada ao Ensino da Língua Portuguesa pela Faculdades Integradas da Vitória de Santo Antão em 1996;
Mestrado em Letras pela Universidade Federal da Paraíba em 2002.
NOME: Maria Inês da Silva Gomes
Graduação:
Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade Federal Rural de Pernambuco em 1992.
Pós-Graduação:
Mestrado em Biologia Animal pela Universidade Federal de Pernambuco em 1998.
NOME: Thiago de Oliveira Reis Marques Freire
Graduação:
Licenciatura em História pela Universidade Católica de Pernambuco em 2001.
Pós-Graduação:
Especialização em Ensino de História pela Universidade Federal Rural de Pernambuco em 2003;
Mestrado em História pela Universidade Federal de Pernambuco em 2006.
NOME: Vera Lúcia Araújo da Silva 
Graduação:
Graduada em Psicologia pela Universidade Federal da Paraíba em 1990.
Pós-Graduação:
Mestra em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Pernambuco.
NOME: Zuleide Elisa Almeida Moreira 
Graduação:
Licenciatura em Estudos Sociais – Fundação de Ensino Superior de Olinda;
Licenciatura em História – Fundação de Ensino Superior de Olinda.
Pós-Graduação: 
Especialista em História do Brasil – Universidade Católica de Pernambuco, em 1985;
Mestra Profissional – Instituto de Tecnologia de Pernambuco.
NOME: Ângela Ninfa Mendes de Andrade Cabral
Graduação:
Graduação em Pedagogia pela Universidade de Pernambuco (2004).
Pós-Graduação:
Doutoranda em Educação pela UFPE;
Mestra em Educação pela Universidade Federal da Paraíba em 2013;
Especialista em Avaliação do Processo Ensino Aprendizagem em 2010.
NOME: Anair Silva Lins e Mello 
Graduação:
Graduação em Psicologia Clínica pela Faculdade de Ciências Humanas de Olinda (1987), e em Pedagogia pela Faculdade Frassinetti do Recife (1992).
Pós-Graduação:
Doutora em Psicologia Aplicada pela Universidade do Minho, localizada em Gualtar/Braga/Portugal. Bolsista Capes (2017);
Mestre em Ciência da Educação, pela Universidad Autônoma de Asunción (julho de 2006);
Especialista em Psicopedagogia Clínica e Institucional pela Universidade Católica de Pernambuco em 1992;
Especialista Capacitação Pedagógica pela Universidade Federal Rural de Pernambuco em 1990.
NOME: Dowglas Amorim de Lira 
Graduação:
Graduação em Letras – Faculdade de Formação De Professores de Nazaré da Mata, FFPNM/UPE;
Graduação em Pedagogia – Centro Universitário Internacional, UNINTER, Curitiba.

Pós-Graduação:
Especialista em Linguística Aplicada as práticas discursivas – Faculdade Frassinetti do Recife, FAFIRE;
Mestrado Psicologia Cognitiva – Universidade Federal de Pernambuco, UFPE;
Doutorado Psicologia Cognitiva UFPE – Universidade Federal de Pernambuco, UFPE.
NOME: Michela Caroline Macêdo 
Graduação:
Graduada em Pedagogia – Universidade Federal de Pernambuco – UFPE.
Pós-Graduação:
Mestra em Educação Matemática e Tecnológica – Universidade Federal de Pernambuco, UFPE;
Doutora em Educação Matemática e Tecnológica – Universidade Federal de Pernambuco, UFPE.
4. MATRIZ CURRICULAR ATUAL
Em atualização!
5. PERFIL PROFISSIONAL

A sociedade atual, exige profissionais, homens e mulheres, atemporais com horizontes geopolíticos alargados, que tenham domínio sobre a compreensão dos conhecimentos produzidos historicamente pela humanidade, capacidade de comunicar-se em situações diversas, interagir através do diálogo, agir com respeito às manifestações culturais, religiosas e étnicas-raciais, lidar com as tecnologias, refletir sobre sua própria formação, superar limites de autoconhecimento e auto estima, agir como colaborador/a para a transformação social baseado nos princípios da ética, equidade, solidariedade e respeito às diferenças. Esse é o perfil do pedagogo que a FADIMAB trabalha para formar.

O egresso do curso de Licenciatura em Pedagogia deverá usar seus conhecimentos para planejar ações que resultem em aprendizagens significativas para os/as estudantes dos anos inicias do Ensino Fundamental, visando desenvolver neles/nelas as competências e habilidades previstas na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) para educação básica, seus conteúdos, unidades temáticas e objetos de conhecimento. Fazendo uso de um repertório diversificado de metodologias que considera a heterogeneidade das/os alunas/os, quanto ao seu contexto social, características e conhecimentos regionais.

O estudante do Curso de Licenciatura em Pedagogia, conhecerá os princípios norteadores da BNCC, as competências gerais da educação básica para assegurar, como resultado de sua intervenção profissional o desenvolvimento, a formação humana integral, valorizando os aspectos sociais, psicológicos, pedagógicos e afetivos de crianças e jovens.

O Pedagogo professor, criando novas abordagens metodológicas, norteará suas escolhas no âmbito dos currículos e do projeto político pedagógico, adequados à realidade de cada sistema ou rede de ensino e a cada instituição escolar em que atuar, considerando o contexto plural e as características dos/as estudantes. A compreensão e a participação em Projeto Político Pedagógico das Escolas, dar-se-á mediante trabalho coletivo e conhecimento junto a comunidades de aprendizagem.

No campo das competências gerais docentes, o/a estudante do curso de Licenciatura em Pedagogia deverá pesquisar, investigar, realizar ações e propor soluções tecnológicas, utilizando a criatividade para atuar na organização de práticas pedagógicas desafiadoras. Deverá, ainda, compreender a pesquisa, como princípio educativo e como forma de comunicação crítica e criativa, por meio do qual o/a estudante alcança novos saberes e lhe é oportunizada a capacidade de produção de novos conhecimentos, evitando que o processo e ensino/aprendizagem seja apenas repasse de saberes copiados.

O estudante deverá compreender a realidade, apoiando-se nas diversos áreas do conhecimento, para coproduzir no Campo da Ciência da Educação, saberes que orientem novas práticas educativas, conteúdo significativos, competências, habilidades e processos avaliativos emancipatórios que deem conta de atender as necessidades dos/as aprendizes, nos diversos espaços de aprendizagem.

O estudante do curso de Licenciatura em Pedagogia será preparado/a para continuar a aprender autonomamente. Para isso, o processo de formação valorizará a curiosidade intelectual, a capacidade de utilização e recriação do conhecimento; o questionamento e a indagação; a expressão pessoal na perspectiva do desenvolvimento de autoaprendizagem.

Bem como, de competências e habilidades para a utilização das diferentes linguagens verbal, corporal, visual, sonora e digital. Compreendendo à linguagem não apenas como expressão do pensamento ou instrumento de comunicação e sim como mediadora entre o sujeito e a realidade. E, ainda reconhecendo a linguagem seja por meio de palavras, gestos, textos, músicas e símbolos como formas de perceber o mundo.

Destaca-se a importância da linguagem digital e das modernas tecnologias educacionais entendidas como corpo de conhecimentos científicos e ferramenta fundamental no processo aquisição de saberes, seja como canal de acesso ao mundo, como dinamizadora do processo de ensino e aprendizagem ou como ferramenta que possibilita novas práticas de ensino e de investigação da aprendizagem.

O estudante do curso de Licenciatura em Pedagogia saberá valorizar o diálogo como ferramenta basilar na mediação e resolução de conflitos, possibilitando a cooperação, a escuta do/a outro/a, observação, empatia, acolhimento e valorização dos saberes, da diversidade, da cultura em diferentes grupos sociais. Bem como deverá contribuir para a construção de vivências no enfrentamento aos preconceitos, a discriminação, a violência física e simbólica nos ambientes de aprendizagem. E, ainda, ser atuante na valorização das manifestações culturais e artísticas.

E, em seu espaço de atuação, o/a pedagogo/a estudante deverá primar por uma postura colaborativa, respeitosa e solidária. Combatendo, com os argumentos oriundos dos fundamentos apreendidos, a intolerância, a passividade e a indiferença com o exercício do diálogo, da participação democrática, da flexibilidade, da resiliência. Ao tempo em que se posiciona frente ao mundo e suas desigualdades, assumindo posicionamento ético em relação a si e ao outro e promovendo os direitos humanos, a consciência sócio ambiental, refletindo sobre as relações de consumo, em nível local, regional e global.

No campo das competências e habilidades específicas, delineamos as três dimensões: conhecimento profissional; prática profissional e engajamento profissional.

O processo de formação propiciado pelo curso favorecerá ao egresso competências relativas a dimensão do conhecimento profissional para atuação na educação básica, ao proporcionar ferramentas epistemológicas que deem conta de: compreender, construir e reconstruir os objetos de conhecimento e saber como ensiná-los; demonstrar conhecimento sobre os estudantes e como eles/elas aprendem; reconhecer os contextos de vida dos/as estudantes; e conhecer a estrutura e a governança dos sistemas educacionais.

O licenciado/a em pedagogia atuará mediante o uso de competências específicas da dimensão da prática profissional, vivenciadas desde o início do curso, problematizando e reconstruindo a realidade como protagonista de seu percurso formativo, criando e recriando sua práxis, por meio da reflexão e ação em cada realidade posta, materializadas na seleção e organização de conteúdos significativos, relevantes e transdisciplinares, superando, portanto, a fragmentação curricular, transformando a teoria pedagógica em prática pedagógica, por meio das atividades de ensino, pesquisa e extensão.

No campo da dimensão do engajamento profissional o licenciado em Pedagogia haverá de comprometer-se, a partir do profundo entrosamento entre a escola e a academia, e será capaz de: organizar e gerir o espaço escolar de forma democrática, internamente e em suas articulações com a sociedade; apresentar competência para dialogar com os sistemas de ensino e com a sociedade civil, no processo de discussão e construção das políticas públicas. Engajar-se profissionalmente com as famílias e a comunidade na construção da proposta política pedagógica da escola. Enfim, que seja o organizador de experiências pedagógicas escolares e não escolares cujo significado esteja materializado nos resultados sociais necessários/desejados pela comunidade.

O perfil desejado do egresso do Curso de Licenciatura em Pedagogia, Ano Iniciais do Ensino Fundamental com Formação para Atividades Pedagógicas e de Gestão, é de um/a profissional que compreenda a Educação como um dos principai mecanismos de transformação e inclusão sociais e, portanto, com a defesa da dimensão pública da educação. E, especialmente, que seja capaz de ensinar/aprende a vivermos na diversidade, com respeito ao meio ambiente, de forma democrática e que sua ação pessoal e profissional esteja comprometida com a promoção do ser humano na sua integralidade.

Dessa forma, a formação do Pedagogo da FADIMAB, está comprometida com um percurso formativo que incluem conhecimentos teóricos e práticos, mediatizados no tripé: ensino, pesquisa e extensão, pilares da educação de qualidade.

6. CARGA HORÁRIA
Disciplinas de Formação Geral (Grupo I) 810
Disciplinas de Formação Específica (Grupo II) 1.620
Disciplinas de Formação para Atividades Pedagógicas e de Gestão 405
Estágios Supervisionados 405
Práticas Pedagógicas 405
Carga Horária Subtotal do Curso 3.645
Atividades de Extensão 375
Carga Horária Total do Curso 4.020
7. TURNO

Turno: Noturno

8. COORDENAÇÃO / E-MAIL INSTITUCIONAL

Coordenadora: Cristina Camarotti
E-mail institucional:

9. CURSOS CONTEMPLADOS PELO PIBID

PIBID – Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência

O curso de PEDAGOGIA da FADIMAB faz parte do PIBID, que tem como objetivo oferecer bolsas de iniciação à docência para alunas e alunos se dedicarem ao estágio nas escolas públicas e que, quando graduados, se comprometam com o exercício do magistério na rede pública. O objetivo é antecipar o vínculo entre as/os futuras/os docentes e as salas de aula da rede pública. Com essa iniciativa, o PIBID faz uma articulação entre a Educação Superior (através das licenciaturas), a Escola e os Sistemas Estaduais e Municipais

10. EMPREGABILIDADE – CONVÊNIOS

Secretaria de Educação – Goiana

REQUISITOS PARA ACESSAR O CURSO

O acesso ao curso é por meio de vestibular ou nota do ENEM.